Certificação Internacional Universitária

4º DIPLOMADO EM PERSPECTIVA E PRÁTICA PROFISSIONAL GENERATIVA 2019

Início: terça-feira, 23 de Abril de 2019, 18:30 – 21:30 (hora de Buenos Aires)

MODALIDADE INTERATIVA ONLINE EM TEMPO REAL OU DIFERIDO - Frequência semanal - Espanhol e português

Corpo docente

Direção acadêmica: Dora Fried Schnitman e Edgardo Morales Arandes

Docentes del programa:
Dora Fried Schnitman (Argentina), Edgardo Morales Arandes (Puerto Rico); Silvia Crescini,  Silvia Vecchi (Argentina); Vania Curi YazbekLigia Pimenta (Brasil); María Camila Ospina AlvaradoRosa Suárez Prieto, Dora Isabel Garzón (Colombia), Diego Tapia Figueroa (Ecuador).

Docentes de seminários: Kenneth GergenSheila McNameeDiana WhitneyRonald Chenail (USA); Dan Wulff (Canadá), María Hilda Sánchez Jiménez, Nelson Molina Valencia (Colombia); M. Cristina Ravazzola, Beatriz Schmukler (Argentina). 

Coordenação docente:  Silvia Crescini

Apresentação do Diplomado

Este Diplomado teórico-práctico apresenta a perspectiva generativa e sua prática oferecendo novos recursos e ferramentas de eficácia comprovada para profissionais que trabalham com indivíduos ou grupos humanos em diversos campos. Conta com um corpo docente internacional e um excepcional espaço para a aprendizagem, reflexão e trocas, sob uma coordenação acadêmica que articula generativamente as contribuições dos participantes.

Oferece o privilégio de pertencer a uma rede multidisciplinar de profissionais que trabalham com práticas inovadoras em diversos contextos, abrindo uma janela para o mundo.

Atribui excelência e reconhecimento às práticas locais realizadas pelos participantes latino-americanos, constituindo-se em um exemplo prático  da perspectiva generativa.

Entre outras capacidades, os participantes aprenderão a:

  • realçar as habilidades das pessoas para a inovação, a busca de alternativas e mudanças adequada às situações que enfrentam.
  • Sustentar um olhar positivo orientado para os recursos e uma proposta voltada para soluções e construções de futuro viável.
  • Promover processos generativos e diálogos transformadores sustentáveis e efetivos para abordar as questões, problemas e desafios que as pessoas estejam enfrentando.

Em síntese, poderão enriquecer criativamente sua prática profissional e ampliar suas competências.

Dora Fried Schnitman 

Ph.D. in Psychology
The Wright Institute, Graduate School in Social-Clinical Psychology
Berkeley, California
Directora Académica, Fundación Interfas

Edgardo Morales Arandes

Ed.D. in Education
Boston University
Boston, Massachusetts
Profesor, Universidad de Puerto Rico

Certificam

Objetivos do Diplomado

Os participantes aprenderão a:

  • Identificar os conceitos centrais do enfoque generativo compreendendo sua epistemologia, sua teoria e sua prática.
  • Reconhecer e exercitar as ferramentas conceituais e operacionais que oferecem.
  • Compreender sua aplicação em diferentes áreas.
  • Adquirir e exercitar recursos para desenvolver processos generativos.
  • Posicionar-se com presença e atenção plena durante o processo.
  • Ampliar sua capacidade para registrar o novo, os processos emergentes e os recursos para explorar possibilidades no presente e para construção de um futuro viável.
  • Estabelecer uma relação de trabalho conjunto com as pessoas para reconhecer recursos e coloca-los em ação.

VER EXEMPLO NA TERAPIA do DIPLOMADO 2017-2018

Conteúdos do Diplomado

Princípios e fundamentos da perspectiva generativa

A perspectiva e a prática generativa oferecem aos profissionais e pesquisadores recursos para promover diálogos que respondam produtivamente aos problemas, crise e desafios que enfrentam as personas, grupos, comunidades ou organizações com quem trabalham, permitindo-lhes encontrar e implementar soluções alternativas, colocar em ação novas versões de si mesmo e suas relações, promover melhores diálogos, reorganizar suas circunstâncias e contextos, e construir soluções  e futuros novos e viáveis.

Reconhece a importância da formação e do posicionamento generativo do profissional como suporte da prática. Com uma perspectiva dialógica e relacional, incorpora a criatividade, a atenção plena, o registro dos processos emergentes no diálogo e dos recursos, competências e saberes das pessoas.

A perspectiva generativa trabalha com um marco produtivo baseado no diálogo, a narrativa, a aprendizagem e a criatividade. Promove processos que utilizam os recursos, relações, valores e habilidades das pessoas para enfrentar dificuldades e/ou desafios e inovar.

Ajuda as pessoas, comunidades e organizações a deslocarem-se desde um olhar centrado nos problemas e no déficit em direção ao olhar de criação de possibilidades. Seu objetivo é gerar condições para o presente e futuro.

No Diplomado se trabalha especialmente e se exercita la implementação da perspectiva generativa nas diferentes áreas de prática.

Recursos y herramientas generativas

  • Reconhecimento e recuperação de possibilidades, processos emergentes e cursos de ação que possam gerar inovações, alternativas e um futuro possível para os participantes.
  • Plataforma de trabalho: construção em consenso de um projeto de trabalho que direcione o processo e favoreça transformações viáveis e sustentáveis.
  • Diálogo: construção e transformação do diálogo. Criação de novos espaços conversacionais. Facilitação de processos generativos. Tipos, momentos y propósitos do diálogo.
  • Narrativa: elaboração de narrativas orientadas para a construção de um futuro. Utilização de metáforas e hipérboles.
  • Construção e transformação de matriz de significado, de narrativas e de coordenação entre pessoas.
  • Indagação generativa e apreciativa. Dinâmica criativa da pergunta. Dimensão pragmática da pergunta: como perguntar propondo ou propor perguntando. Tipos de pergunta.
  • Aprendizagem em diálogo e construção de novos saberes. Registro de aprendizagem como recurso para transformação
  • Criação de diálogos fundamentados na apreciação, no respeito, nas emoções e na presença relacional.
  • Cenários e dramatizações que permitem construir alternativas e questionar a centralidade problemática da historia oficial abrindo outras possibilidades
  • Subjetividade e vínculos com o outro. Reconhecimento e inclusão das potencialidades de si, do outro e do vínculo. Registro do tempo vivido: reconstrução do passado e construção do futuro no presente. Uso de indicadores temporais para seguir as transformações.
  • Inclusão da multidimensionalidade de diálogos, pessoas e contextos para favorecer processos criativos
  • Interfaces. Identificação e aproveitamento de espaços “inter”: interlinguagens, sombreado semântico e construção de pontes dialógicas para inovar, entre outros.
  • Projeto de novas ecologias sociais.

VER FICHAS DIDÁTICAS:

Implementação da perspectiva generativa em diferentes áreas da prática

A perspectiva generativa se aplica em diferentes contextos e espaços profissionais:

  • Transformação de si mesmo, das relações e dos contextos em terapia e intervenções psicossociais com indivíduos, casais, famílias e comunidades.
  • Transformação em diálogos e na experiência de gestão de conflitos e crises. Enfrentamento de situações problemáticas e de desafios de mudança. Mediação de significados, criatividade e inovação.
  • Construção de processos generativos em situações de impasse e conflito

– Construção de coordenação produtiva. Emoções, relações e ações conjuntas para promover diálogos produtivos frente às diferenças e aos conflitos em família, em grupos e em comunidade.

– Contextos violentos. Situações de fechamento do diálogo e da reflexão, negação da alteridade. Processos restaurativos. Transformação de diálogos improdutivos. Diferença entre diálogo, debate, conflito e violência.

  • Transformação de grupos, comunidades e organizações. Abordagens generativas e apreciativas em/com/ entre grupos, comunidades e organizações. Diversos tipos de processos grupais.
  • Novas formas relacionais e generativas de liderança e coordenação.

De modelos hierárquicos a modelos de conhecimento, produção e responsabilidade distribuídas.

  • Novas ecologias sociais

As interfaces, as interlínguagens e a gestão de processos transformativos entre diferentes atores sociais. Procedimentos generativos para trabalhar com diversos grupos.

  • Aprendizagem como prática generativa

Aprendizagem situada, inclusiva e participativa. Construção de comunidades de prática e de aprendizagem

  • Pesquisa qualitativa como processo generativo e construção de futuro

Implicações e aplicações da perspectiva generativa nestes processos

  • Contribuições da perspectiva e da prática generativa à dimensão política das relações interpessoais, comunitárias e organizacionais. Contribuições para o desenvolvimento de politicas públicas – por exemplo, audiências públicas, temas completos, entre outros.

Dirigido a: profissionais que trabalham com pessoas, grupos, comunidades, instituições privadas e públicas, interessados em enriquecer seus recursos incorporando a teoria e a prática generativa a diferentes contextos (psicoterapia, intervenções psicossociais, gestão de conflitos, desenvolvimento comunitário e organizacional, consultoria, educação, coaching, entre outros).

Metodologia de ensino – aprendizagem

O Diplomado propõe uma metodologia generativa de ensino-aprendizagem que favorece a produção e a criatividade. A forma inclusiva e participativa de apresentar os conceitos e promover relações favorece, simultaneamente, que os participantes articulem aprendizagens e novos conhecimentos, e formem uma comunidade de aprendizagem e prática.

Utiliza apresentações, diálogos reflexivos, trabalho grupal e exercício dos recursos adquiridos para criar um processo de aprendizagem que possa prover aos participantes os conhecimentos e as ferramentas necessárias para se posicionarem como operadores generativos em diferentes contextos e cenários em que realizam sua prática profissional.

Tem sido usado por inúmeros profissionais de diferentes países e disciplinas, que relatam importantes benefícios em sua prática, em seus recursos e em si mesmos como operadores e pessoas.

Modalidades do curso

Online, interativo em tempo real ou posteriormente pela gravação

O Diploma é um espaço dialógico de formação e intercâmbio entre docentes e participantes. Propõe uma leitura atualizada da prática pensando de maneira generativa, tanto em aulas regulares como em seminários especiais. Nestes últimos, os docentes convidados apresentam seus desenvolvimentos recentes e dialogam com os diretores acadêmicos sobre a compreensão generativa de suas propostas, promovendo novas perspectivas e conhecimentos

O Diplomado constará de 120 horas de contato online (em tempo real ou posterior pela gravação), 30 horas de seminários sobre temas centrais, 24 horas de contato presencial e 50 horas de trabalho independente quando os participantes colocarão em prática o que aprenderam no Diplomado.

Para o trabalho online será utilizada uma plataforma com conexão e diálogo em tempo real. É possível cursar acompanhando pela gravação das reuniões posteriormente.

A modalidade online interativa em tempo real terá diferentes tipos de encontros:

  • Semanais com conexão online em tempo real, através de uma plataforma que permita a interação entre os participantes, às terças-feiras, das 18:30 às 21:30 (horário de Buenos Aires). As aulas serão gravadas e estarão disponíveis para aqueles que não puderam participar em tempo real.
  • Seminários especiais com conexão online em tempo real serão agendados com antecedência. Os encontros serão gravados e estarão disponíveis para aqueles que não puderam participar em tempo real.
  • Encontros presenciais de três dias em data, hora e local a serem agendados, preferencialmente por região
  • Encontros mensais opcionais com um coordenador

A modalidade online interativa, ou seja, acompanhamento posterior pelas gravações, permite às pessoas que por fuso horário ou outros motivos não puderem conectar-se nos horários estabelecidos. Recomendamos que, sempre que possível, optem por conectarem-se em tempo real. Os diferentes tipos de encontros serão:

  • Seguir pelas gravações as aulas semanas realizadas às terças-feiras;
  • Seguir pelas gravações os seminários especiais;
  • Participar de encontros presenciais de três dias em data, horário e local a serem agendados, preferencialmente por região;

Participar de encontros mensais opcionais com um coordenador. 

Depoimentos de alunos e docentes (castelhano, português, inglês)

Depoimentos recentes

What a pleasure and a privilege to join in conversation with the participants in the Diploma program. Lively, warm, and illuminating…

Kenneth Gergen, Ph.D.
President, The Taos Institute, USA.

Inicié este Diplomado a comienzos de 2017 debido a que la perspectiva generativa despertó mi interés. Varios meses después puedo decir con alegría que transitar por los caminos de la generatividad es absolutamente maravilloso, más que una perspectiva se convierte en un estilo de vida transformativo, dinámico y vibrante, aplicable en todos los contextos. Una vez que emerge, lo hace para quedarse,  abriendo múltiples posibilidades porque invita a curiosear desde una perspectiva compleja en la que el respeto y la amabilidad genuina por el otro y por uno mismo, van de la mano. En conclusión es una experiencia en la que disfruto, aprendo y, sobre todo, espero continuar nutriéndome a lo largo de la vida.

Diana Constanza Torres González
Magíster en Psicología Clínica y de Familia. Docente de varias asignaturas, Programa Tecnología en Atención Prehospitalaria, Facultad de Medicina, Universidad Militar Nueva Granada, Colombia. Asesora temática de investigación y consultora en el área de intervención clínica y organizacional.

En mi opinión el diplomado en Perspectiva y Práctica Profesional Generativa es una capacitación excelente, que debe ser tomada por todas aquellas personas que trabajan con grupos humanos  y necesitan gestionar las relaciones y los intereses entre ellos. Creo que el Diplomado también promueve un cuestionamiento de la propia mirada, ampliando la perspectiva con la incorporación de la mirada y la voz del otro, considerado como alguien con quien podemos construir un nosotros respetuoso basado en el diálogo generativo. Desde lo epistemológico el paradigma del construccionismos social y la teoría de la complejidad aportan a quienes buscan un saber científico el sostén necesario para poner en marcha, junto a la práctica que se retroalimenta en el diplomado, los procesos generativos.

María Dolores Suárez Larrabure
Profesora Asociada de Teorías Sociológicas y Sociología Jurídica, Facultad de Derecho y Ciencias Sociales, Universidad Nacional de Tucumán. Mediadora del Centro de Mediación del Poder Judicial de Tucumán, Argentina.

Tenho usado a abordagem generativa em diversos projetos de transformação, seja em conversas um-a-um de mentoria, seja em trabalhos em grupo. Poder compartilhar essas experiências e aprender com colegas e professores que também têm aplicado a metodologia em seu trabalho quotidiano me foi extremamente útil para aprimorar minhas habilidades como operador generativo. El Diplomado es un “aprender haciendo”, es desarrollar cada temática con variedad de posturas y experiencias laborales en un clima de trabajo de mucha horizontalidad, colaboración y apertura que favorece notablemente esta experiencia.  Muchas gracias por este espacio de diálogo, encuentro interdisciplinario y fraternidad.  

Fabio Betti
Jornalista, mestre em Biologia-Cultural, sócio e consultor da Corall e professor das disciplinas de Pensamento Sistêmico e Complexo e Change Management do MBA em Business Innovation da FIAP, Brasil.

Thank you so much for this great learning experience at the Diploma Program!
A delight to engage in stimulating conversation with professionals from diverse fields, all interested in dialogue in the context of this Diploma Program.

Sheila McNamee, Ph.D.
Professor of Communication, University of New Hampshire. Vice President, Taos Institute.

El diplomado es una experiencia dinámica e interactiva que propone el encuentro con una teoría enriquecedora y con profundos fundamentos epistemológicos, como así también su aplicación práctica mediante el estudio de casos. Un espacio inspirador que nos conecta con nuestro potencial de transformación, diseño, innovación, expansión y construcción constante más allá de lo imaginable. 

Mariela Vanesa Patti
Técnica en Comunicación Social –Círculo de la Prensa– y Coach Ontológico Profesional –Rapport Consultora Patagonia. Fundadora de Descubrirte Coaching. Realiza capacitación y entrenamiento con herramientas de coaching enfocados en el desarrollo personal, organizacional y de comunidades. Docente de la Escuela Tiempo Cero, Formación en Coaching Ontológico Profesional  (COP). Profesora de coaching aplicado al liderazgo personal y de equipos en la Asociación Técnicos de Fútbol de Argentina (ATFA Trelew).

El diplomado en Perspectiva y Práctica Profesional Generativa es una oportunidad especial para aprender, desaprender y disfrutar las enormes posibilidades de comprender más desde la complejidad, de salir al encuentro de otras personas, en distintos campos del quehacer profesional y personal, valorando siempre el enorme potencial del ser humano, y optimizando los variados recursos que los diálogos generativos nos abren para la construcción real de nuevas posibilidades, alternativas y soluciones a situaciones y necesidades, en las que todos nos hacemos más humanos. Muchas gracias por este espacio de diálogo, encuentro interdisciplinario y fraternidad.  

Marlene Peña Psicóloga.
Especialista en familia, infancia, juventud y vejez, y en orientación y desarrollo humano. Área educativa, docencia y proyectos educativos. Colombia.

O Diplomado ampliou e enriqueceu a minha capacidade de compreensão sobre a minha prática. Percebo uma enorme  transformação no meu jeito de atuar, fazendo com que os processos sejam mais significativos, generativos e inovadores nos múltiplos contextos de ação. Foi uma jornada de aprendizagem transformadora para mim!

Ligia R. R. Pimienta Doutoranda e docente convidada na PUC/SP. Atua como gestora e facilitadora de processos de aprendizagem no Governo e no Terceiro Setor.

Sigo los cursos de Interfas desde España. La participación (no siempre tan activa como me hubiese gustado) en el Diplomado 2016-17 y ahora en el curso Trabajando Generativamente 2017-18, me ha supuesto una ayuda inestimable para seguir conectada al motivo principal por el que elegí este tipo de formación: valorar el fenómeno del diálogo. 

Veo al diálogo como un recurso imprescindible en el mundo actual. Me parece una herramienta universal que en demasiadas ocasiones se confunde con otras prácticas, y a la que no se le reconoce el potencial para sanar, conocer y conocerse, para conciliar y reconciliar, para investigar e indagar, para mediar… y otros “para” que he ido descubriendo a lo largo de estos cursos. La periodicidad de los contactos con Interfas me suponen una forma maravillosa para fortalecerme en mis posiciones a este respecto, algo que, en el entorno social, político y académico en el que me desenvuelvo no siempre me resulta fácil.

Por otra parte, las perspectivas generativas en que se fundamentan estos cursos, me parecen un magnífico aporte no sólo para aplicar en el desempeño profesional de quienes participamos, sino también para incluir en nuestras vidas particulares. En realidad creo que más que «un aporte», se trata de un paradigma –para mí muy interesante– desde el cual mirar la realidad en que vivimos. Y, más concretamente, me interesa el paralelismo que se plantea con las posiciones del socioconstruccionismo. Esto también lo he descubierto en esta formación gracias a los aportes de algunos de los magníficos profesores.

Pero quizás lo que más valore, y de lo que más haya aprendido, sea de la generosidad y de la entrega mostrada por los organizadores, en especial por parte de Dora Fried Schnitman. De verdad, muchas gracias.

Susana Fustel Rodríguez
Doctoranda en Ciencias Sociales, Universidad Pablo de Olavide, Sevilla, España. Maestranda en Espiritualidad Transcultural, Universidad Ramón LLull, Barcelona. Máster en Ciencias Sociales e Intervención Social, Universidad Pablo de Olavide, Sevilla. Máster en Mediación General y Penal, Universidad de Sevilla. Ingeniera agrónoma, ETSIA Universidad Politécnica de Madrid. Promotora y fundadora de «Masablar, Escuela de Diálogo», España.

Participar en el Diplomado es una experiencia muy satisfactoria. En el contexto académico me ha llevado a explorar distintas maneras de interrelación con las estudiantes así como a organizar sesiones de aprendizaje en un entorno de mayores posibilidades y de colaboración. En la consulta las conversaciones van abriéndose, convirtiéndose en un reto para el terapeuta para ir saliendo de posturas convencionales de escucha al otro, hacia un trabajo más cercano y de colaboración con quien busca la consulta. El Diplomado es un “aprender haciendo”, es desarrollar cada temática con variedad de posturas y experiencias laborales en un clima de trabajo de mucha horizontalidad, colaboración y apertura que favorece notablemente esta experiencia.  Muchas gracias por este espacio de diálogo, encuentro interdisciplinario y fraternidad.  

Teresa Mendo Zelada
Psicóloga y enfermera. Magister en Salud Pública. Docente, Facultad de Enfermería, Universidad Nacional de Trujillo. Directora y docente, Instituto de Capacitación y Desarrollo Familiar, IFAMI. Consulta privada a nivel individual, de pareja y familia, Perú.

Thank you so much for this great learning experience at the Diploma Program!

Ronald J. Chenail Ph.D.
Associate Provost for Undergraduate Academic Affairs and Professor Nova Southeastern University.

Participé como coordinadora docente en los dos últimos Diplomados en Perspectiva y Prácticas Generativas organizados por Fundación Interfas con la colaboración de The Taos Institute y Cinde-Universidad de Manizales. La experiencia me transformó de manera sustancial, dado que me permitió integrar todo lo aprendido en un marco diferente. Este registro cambió mi rol académico como docente, y el profesional como terapeuta en mi práctica clínica y en mi trabajo en la interfase psicosociojurídica que fluyen más naturalmente. Aprendí a reconocer y promover las fortalezas del otro. Mi quehacer devino más armónico, como si se tratara de una danza entre dos, tres o varios, en la que la coreografía emerge de la acción conjunta de los participantes.

Silvia S. Crescini
Lic. en Psicología. Profesora invitada en Práctica Profesional área Justicia “El trabajo con familias en el ámbito jurídico”, Facultad de Psicología, Universidad de Buenos Aires. (Ver currícula docente).

Desde el inicio del diplomado transito un “mundo” pleno de indagaciones, un curiosear en el que cada vez emergen nuevos diálogos y herramientas que nos transportan a otra fase en la que estudiantes y docentes co-construimos nuestro interior con miras a encontrar nuevas alternativas de vida. Me siento espléndida con esta renovación, esta transformación que se viene dando en mi vida y que continuaré alimentando. 

Luz Marlenis Calderón Betancourt
Psicóloga con 33 años de experiencia en el área educativa, Colombia.

Inscrição

Inscrição e informação:  interfas@fibertel.com.ar

Informações no  Brasil:  Vania Curi Yazbek vaniacy@uol.com.br  / Ligia Pimenta lrrpimenta@gmail.com

Os grupos e equipes com o mínimo de 5 pessoas terão descontos de 10%. Considerando que temos interesse em articular redes de conhecimento, podemos colaborar conectando os interessados em formar grupos regionais.

O processo de inscrição se inicia completando o seguinte formulário e agendando um encontro virtual; e só será efetivado ao realizar o pagamento.